top of page

Junho Violeta



O mês de junho possui uma campanha chamada Junho Violeta, que tem como objetivo conscientizar e combater a violência contra a pessoa idosa. O dia reservado à causa é o 15 de junho, mas durante o restante do mês é importante relembrarmos a importância dessa campanha.


A violência contra a pessoa idosa não é apenas física. Também se qualificam as violências psicológicas, o abandono, a negligência e a violência patrimonial. Desde a negação de cuidados básicos, até o uso indevido da aposentadoria, é importante que pessoas na terceira idade saibam os riscos que correm, para que se protejam e tomem ações de denúncia se necessário.


Como em outros casos de violência, os profissionais de saúde podem identificar sinais de maus tratos e se responsabilizar por essas denúncias, informando a família e o paciente sobre as provas averiguadas e suas consequências. A informação é um passo muito importante para a segurança da pessoa idosa, de forma com que ela possa se proteger da melhor forma possível.


Com a população brasileira envelhecendo, com cerca de 14,7% de pessoas idosas no ano de 2021, é importante ressaltar como o poder público precisa criar mecanismos a fim de garantir um envelhecimento saudável e digno para essa parte da população. De acordo com o Boletim Temático da Biblioteca do Ministério da Saúde, até o ano de 2050 os idosos representarão cerca de 30% da população brasileira, enquanto crianças e adolescentes até 14 anos serão 14%. Com esse aumento, cresce a necessidade da proteção da pessoa idosa.

Para denunciar qualquer tipo de violência, Disque 100, número para se comunicar com a Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos que possui atendimento 24 horas por dia inclusive de fins de semana. Outras opções são as Delegacias de Proteção do Idoso e as Unidades Municipais de Saúde.


25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page